Brasileirão Série A

Apostas no Atlético-MG em 2019: como fazer seu palpite no Galo neste Brasileirão

Jogador do Atlético-MG
Foto: Bruno Cantini / Atlético

O Atlético-MG chega ao Brasileirão 2019 em um momento de transição. Depois de obter uma vaga na Copa Libertadores, a campanha ruim no torneio continental derrubou Levir Culpi, um dos técnicos mais importantes da história do clube. Com isso, o Galo vai iniciar sua campanha na Série A ainda à procura de um novo rumo. A troca no comando técnico deverá atrasar o progresso atleticano no quesito entrosamento. Por outro lado, o grupo tem uma base experiente, que já conhece bem o clube, e poderá dar um bom respaldo ao novo treinador.

Como ainda não está claro qual será o tipo de jogo praticado pelo Galo no Brasileirão, as possíveis previsões sobre o desempenho da equipe também acabam sendo precipitadas. Só é possível dizer o seguinte: pelo elenco e estrutura, o Atlético-MG visa melhorar ou pelo menos igualar a campanha do ano passado. Falar em brigar pelo título parece ser exagero até mesmo para os atleticanos mais fanáticos e otimistas. A mudança de técnico pouco antes do campeonato transforma o Atlético em uma das incógnitas do Brasileirão nas casas de apostas esportivas, mas vale ficar de olho no Galo: a experiente agremiação mineira pode oferecer bons lucros ao longo da competição.

Atlético-MG foi o primeiro campeão do Brasileirão

A torcida atleticana pode se gabar de uma conquista histórica. O Galo foi o vencedor do primeiro Campeonato Brasileiro disputado com esse nome, em 1971. O time comandado por Telê Santana tinha em Dario sua principal arma, e superou São Paulo e Botafogo no triangular decisivo. O Atlético-MG teve de esperar bastante tempo pelo próximo título nacional, e ele veio em um momento complicado da história do clube: a Série B de 2006. Mas aquele título marcou não apenas o retorno à elite como também uma fase positiva, de boas campanhas e conquistas importantes.

Tudo isso culminou no título mais festejado pelos atleticanos até hoje: a Libertadores de 2013, sob o comando do técnico e Cuca e com o brilho de Victor, Ronaldinho Gaúcho, Jô, Diego Tardelli e Bernard. A participação no Mundial de Clubes daquele ano não foi boa, mas o Atlético se recuperou conquistando a Copa do Brasil no ano seguinte, com direito a duas vitórias sobre o arquirrival Cruzeiro na decisão. O Galo também já conquistou duas edições da Copa Conmebol e uma da Recopa Sul-Americana – sem contar os 44 títulos do Campeonato Mineiro, em que é o maior campeão da história.

Atlético vem de um sexto lugar em 2018

O Galo começou a temporada 2018 com o técnico Oswaldo de Oliveira, mas ele já não era mais o comandante no início do Brasileirão. Depois de um início de ano ruim, Oswaldo deu lugar ao jovem Thiago Larghi – que também não teve vida muito longa no cargo. Sem conseguir colocar o Galo entre os primeiros colocados, ele foi substituído pelo veterano Levir Culpi, que liderou uma campanha de recuperação que garantiu o Atlético como um dos representantes brasileiros na Libertadores 2019.

Ao dar equilíbrio ao time, Levir conduziu o Galo ao sexto lugar, quatro pontos atrás do São Paulo e à frente do arquirrival Cruzeiro, do Santos e do Corinthians, entre outros times de ponta. Ficou de bom tamanho para o Atlético, que sofreu com a falta de regularidade ao longo da campanha. O clube ainda teve o vice-artilheiro do campeonato, Ricardo Oliveira, com treze gols marcados, além do segundo principal assistente da competição, Chará, com sete passes para gols. Cazares também foi bem nesse quesito, dando seis assistências.

Galo deixa escapar o Mineiro para o rival

O Atlético começou bem o ano: enquanto ia avançando nas fases preliminares da Copa Libertadores, o Galo liderava a fase de classificação do Mineiro 2019. A equipe terminou essa etapa do campeonato em primeiro lugar, três pontos à frente do Cruzeiro. Nas quartas de final, o Galo tirou do caminho o Tupynambás e seguiu para as semis, quando atropelou o Boa Esporte por 5×0. Era a hora de medir forças com o principal oponente, só que o Cruzeiro vinha em ótimo momento, entrosado e confiante.

A essa altura do campeonato, o Atlético-MG já não era mais comandado por Levir Culpi. Ele perdeu o cargo depois da goleada sofrida para o Cerro Porteño pela Libertadores. Já com o jovem Rodrigo Santana ocupando a posição temporariamente, o Galo perdeu para o Cruzeiro no primeiro jogo da decisão, no Mineirão, por 2×1. O resultado acabava com a vantagem atleticana, já que era o Cruzeiro que passava a jogar por um empate no jogo seguinte. E foi exatamente esse o resultado que sacramentou o vice do Galo, que vencia o jogo até o pênalti polêmico convertido por Fred no fim da partida.

Elenco atleticano destaca veteranos e gringos

O Atlético-MG chega para o Brasileirão com um plantel irregular: são alguns atletas muito experientes e consagrados e vários novatos em busca de afirmação. Ainda assim, não dá para dizer que o Galo tenha um elenco fraco. A começar pelo goleiraço Victor, que já é um dos grandes ídolos da história do clube. Na zaga, mais dois veteranos que servem como referência: Leonardo Silva e Réver. O lateral Fábio Santos, o volante Elias e o atacante Ricardo Oliveira completam a espinha dorsal de veteranos da equipe. Todos estão mais do que acostumados a vencer no Brasileirão.

O plantel atleticano também conta com alguns estrangeiros de talento, destacando em especial o colombiano Chará e o equatoriano Cazares – esse último, em atrito com a diretoria e situação incerta no clube. Pelo seu ótimo potencial, valeria a pena um esforço para mantê-lo no elenco. A permanência de Cazares é ainda mais importante quando se leva em conta que o Atlético-MG não conseguiu grandes reforços para o Brasileirão. As chegadas mais importantes neste início de temporada foram as de Geuvânio, que estava no futebol chinês, do lateral Guga, do Avaí, e do zagueiro Igor Rabello, do Botafogo, além do atacante Maicon e do meia Vinícius.

Galo inicia campeonato com técnico interino

Rodrigo Santana assumiu o comando do Atlético-MG depois da demissão de Levir Culpi. Foi ele o treinador do Galo na perda do título estadual para o Cruzeiro e na eliminação da Libertadores. Com isso, é muito improvável que o ex-técnico das categorias de base fique no cargo por muito tempo. O Atlético tentou Tiago Nunes, do Athletico-PR, e Rogério Ceni, do Fortaleza, mas os convites foram recusados. A busca por um novo comandante continua. Vale lembrar que o Galo já trocou nove vezes de técnico desde o fim de 2015. Diogo Giacomini, Diego Aguirre, Marcelo Oliveira, Roger Machado, Rogério Micale, Oswaldo de Oliveira, Thiago Larghi e Levir Culpi, além do próprio Rodrigo Santana, ocuparam o cargo.

Atlético-MG também aposta na Copa do Brasil

O sonho de ir longe na na Copa Libertadores deste ano virou pesadelo para a torcida do Atlético. Depois de superar as fases preliminares, despachando os uruguaios do Defensor e do Defensor, o Galo entrou em um grupo razoável, com o Zamora, o Nacional e o Cerro Porteño. Ainda assim, foi eliminado de forma precoce, graças a péssimos resultados diante de uruguaios e paraguaios. Resta apenas a possibilidade de conquistar uma vaga na Copa Sul-Americana.

Além da chance de entrar na segunda principal competição continental, o Galo conta com a garantia de uma vaga na Copa do Brasil – por ter sido um dos representantes brasileiros na Libertadores, a equipe mineira entra na briga pelo título a partir das oitavas de final. É a melhor chance de um título para o Galo nesta temporada, já que imaginar a conquista do Brasileirão, no momento, é excesso de otimismo. Na Copa do Brasil, por outro lado, o Atlético-MG terá apenas seis jogos até uma possível final.

 

Qual é a cotação do Galo para o Brasileirão?

Os odds do Atlético-MG para o Brasileirão deverão oscilar bastante no começo da Série A – afinal, a cotação da equipe vai depender bastante do sucesso do novo técnico e de como o time vai se comportar nas primeiras rodadas. Uma coisa é certa: quando jogar em seus domínios, no Independência, o Galo certamente estará valorizado, já que costuma ser um osso duro de roer naquele estádio. O Atlético inicia o campeonato oferecendo um retorno de R$ 19,00 a cada R$ 1,00 investido caso seja o campeão, atrás de São Paulo e Santos (R$ 15,00) e à frente do Vasco (R$ 34,00).

O que é possível esperar do Atlético-MG na Série A?

Enquanto o Galo não definir seu caminho em 2019, será difícil avaliar com precisão quais objetivos a equipe será capaz de perseguir. Dependendo do sucesso do novo técnico e da contratação de reforços pontuais – daqueles que chegam e já assumem a vaga de titular –, o Atlético-MG é time para ficar na zona de classificação à Copa Libertadores. Mesmo sem contar com um elenco já consolidado, o Galo tem tradição, estrutura e torcida para fazer um bom papel nesta temporada de transição.

Vale destacar, no entanto, que a instabilidade política pode atrapalhar o desempenho da equipe. Os protestos de torcedores e a pressão dos conselheiros deixaram a diretoria em uma situação complicada no início do Brasileirão, e só mesmo bons resultados em campo serão capazes de espantar esse início de crise. Conquistar uma boa colocação na Série A também pode ser um fator decisivo para a construção do elenco para 2020. Voltar à Copa Libertadores, por exemplo, é uma garantia de receitas muito bem-vindas para o clube, tanto através das bilheterias como das cotas de TV e premiações.

Melhores sites para apostar no Galo

Diversos sites de apostas oferecem a possibilidade de fazer palpites nos jogos do Atlético-MG, seja pelo Brasileirão ou pela Copa do Brasil. Você deve ficar de olho em quais oferecem os melhores odds, é claro, mas não só isso: é preciso lembrar que só sites de apostas com boa reputação no mercado merecem seu investimento. Afinal, você não vai querer passar aperto com uma casa de apostas de fama duvidosa, não é mesmo? Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as principais casas de apostas que aceitam palpites de brasileiros.

Todos os sites listados abaixo recebem apostas realizadas no país, trabalham com movimentações financeiras em reais e têm menus de navegação no nosso idioma. Além disso, eles oferecem suporte ao usuário para esclarecer dúvidas e resolver possíveis problemas. Confira quais são os pontos fortes de cada um e escolha o que melhor atende às suas necessidades. E não deixe de aproveitar as promoções oferecidas aos novos usuários: os melhores sites do ramo dão bônus muito vantajosos a quem começa a apostar. Basta você se inscrever e fazer seu primeiro depósito para aproveitar os bônus.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

 

Como faturar apostando no Atlético-MG

Como você já deve ter notado, as apostas esportivas são uma febre mundial. A chance de lucrar enquanto você torce e se diverte conquistou multidões de torcedores em dezenas de países. E no Brasil não é diferente: é cada vez maior o número de fãs de futebol que aproveitam para colocar suas fichas em seus times favoritos. Os jogos do Brasileirão são uma excelente oportunidade para quem gosta de testar seus conhecimentos nas casas de apostas. Você pode fazer seu palpite em absolutamente todas as partidas da Série A.

Quem ainda está começando a explorar o mundo das apostas pode usar o Brasileirão para descobrir como lucrar com os palpites em futebol. Para esses torcedores, recomenda-se uma estratégia menos arriscada – fazendo uma aposta em vencedor simples ou no duplo, por exemplo. Já os apostadores mais experientes podem ir além, fazendo palpites mais elaborados – margem de gols, placar exato, handicap… As melhores casas de apostas do mercado também vão oferecer a possibilidade de fazer um palpite de longo prazo em quem vai ser o campeão brasileiro em 2019. Será que o Atlético-MG vai ficar entre os primeiros?

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar